top of page
  • Foto do escritorGeórgia Fonseca

O banho do bebê


- Deve ser dado diariamente; além de garantir a higiene, dá conforto e tranquilidade à criança.

- Não há um horário padrão, o único cuidado é evitar as horas mais frias do dia.

- No início, o banho deve ser rápido para que o bebê não sinta frio; à medida que cresce, ele passa a gostar mais desse momento, por isso o tempo do banho pode ser prolongado.

- Separar o material necessário:

- Banheira plástica que será utilizada exclusivamente para o banho.

- Água morna.

- Sabonete neutro em barra ou líquido.

- Álcool a 70%.

- Hastes flexíveis com ponta de algodão ou gaze.

- Toalha macia.

- Fralda descartável.

- Pomada à base de óxido de zinco.

- Roupas que serão colocadas no bebê após o banho.

- Lavar a banheira antes do banho com água e sabão.

- Não encher muito a banheira. Isso dificulta o banho e aumenta o risco de acidentes. O ideal é que a água cubra até o umbigo do bebê.

- Usar água morna (temperatura ideal de 37 a 38 °C). Colocar primeiro a água fria e depois a morna, testando a temperatura com a região anterior do antebraço (parte interna do braço).

- Iniciar o banho lavando a face, a cabeça e, em seguida, o tronco e o resto do corpo. Deixar por último os genitais e o bumbum.

- Manter sempre a cabeça do bebê elevada para evitar que ele beba a água do banho.

- Lavar o coto umbilical normalmente, durante o banho, com água e sabão.

- Após o banho, enxugar o bebê delicadamente com uma toalha macia, iniciando pela cabeça e pela face e descendo pelo resto do corpo, com cuidado especial nas dobras (pescoço, axilas e virilha) para reduzir a chance de assaduras.

- Limpar o coto umbilical com álcool a 70%.

- Colocar a fralda.

- Vestir o bebê com roupas confortáveis e adequadas à temperatura ambiente.

bottom of page