top of page
  • Dra Geórgia Fonseca

Adolescência: Muitas mudanças e a busca pela identidade.


Por definição é a fase entre os 10 e 19 anos de idade. É uma fase marcada por transformações físicas e psicológicas muito intensas e imprevistas, caracterizando a passagem progressiva da infância para a idade adulta. A adolescência está começando cada vez mais cedo hoje em dia. Os adolescentes tendem a “seguir” grupos ou tribos, contestando tudo e todos num momento e no outro agindo como crianças indefesas.

Os adolescentes de 10 a 14 anos

Fase marcada por dúvidas sobre o crescimento, desenvolvimento e transformações corporais (perda do corpo infantil) do adolescente. Também é um momento arriscado onde o indivíduo busca o próprio limite, muitas vezes, colocando-se em situações de risco sozinho ou com amigos.

As perguntas mais comuns nesse período dos próprios adolescentes e da família são:

- quanto e quando vai crescer ?

- para a menina, quando vai ficar “mocinha” ?

- como e quando falar das transformações do corpo ?

- como saber se a menina já vai menstruar ?

* Momento arriscado para: acidentes fora do domicílio (trauma, acidentes automobilísticos, em água, etc)

Os adolescentes de 15 a 20 anos

Para aqueles que já venceram os desafios da puberdade (rápida mudança corporal), agora passam a se preocupar com as relações sociais, paqueras, namoros, grupos e a busca da liberdade (escola, emprego, vocação e sonhos). A auto-imagem nessa fase pode estar alterada por baixa auto-estima e pela presença de acne, micoses, dificuldades visuais (necessidade de óculos), deformidades de arcada dentária (uso de aparelhos) e da curvatura da coluna. Esse conjunto de fatores, associados ao desenvolvimento da sexualidade pode gerar um momento de intenso conflito.

* Momento arriscado para: desestabilização das relações familiares (conflitos), prática de atividade sexual sem proteção (risco de gravidez), abuso de drogas e acidentes

Uma das principais características da fase de adolescência á a busca da própria identidade, para isso o adolescente passa por alguns “lutos” que, por vezes, geram conflitos com ele mesmo e com os que estão próximos dele.

São essas perdas:

1. Perda do corpo infantil – aceitação das modificações ocorridas na puberdade

2. Perda dos pais da infância – momento de relações conflituosas dentro de casa

3. Perda da identidade – abandono do comportamento infantil e a busca de um novo papel na sociedade e para si próprio como indivíduo. Essas perdas se manifestam de forma mais ou menos padronizada, no comportamento do adolescente.

E costumam ser agrupadas e denominadas – “Síndrome da Adolescência Normal”, que é composta por 10 itens:

- Busca de si mesmo e da identidade adulta

- Separação progressiva dos pais

- Tendência grupal

- Necessidade de intelectualizar e fantasiar

- Crises religiosas

- Deslocação temporal

- Contradições sucessivas nas manifestações de conduta

- Atitude social reivindicatória

- Flutuações de humor e do estado de ânimo

- Evolução sexual

Em síntese, há uma grande energia em movimento nessa fase que deve ser orientada no sentido positivo, com muito amor, carinho e paciência. Lembrando que esse é um momento extremamente especial da formação do indivíduo para o resto da vida.

bottom of page