top of page

Meu Blog 

Um abraço quentinho em você


Olá minha querida amiga, meu querido amigo. Que momentos difíceis você e eu temos passado não é mesmo? Sim. A vida tem nos chamado para enfrentar difíceis testemunhos. Se sou sua médica, de seus filhinhos, de suas jóias, ou só sua amiga, posso te pedir algo também? Hoje venho pedir que não oculte o seu coração sob o manto do sofrimento e da solidão. Lembre do amor! Ele existe no seu coração e embora você não veja, somente ele é capaz de fazer com que você analise a sua situação com discernimento. Uma terapeuta chamada Louise Hay disse que: A única coisa com que estamos sempre lidando é um pensamento, e um pensamento pode ser modificado. Então tente! Tente hoje mesmo mudar este padrão de tristeza. Olhe o céu. Pise na terra com os pés descalços. Veja o bailar das árvores ao vento junto com o cantar dos pássaros. Você já parou para pensar que este arranjo que você vê agora pela janela é único? Ele nunca mais se repetirá. Essa sinfonia de árvores, nuvens e sons foi feita para você neste exato momento, e é um convite para que você possa mudar o padrão de seus pensamentos. Ame-se primeiro, para que você tenha forças para começar a lavrar este terreno tão árido do sofrimento. Não falo de um amor egoístico. Quando se fala de auto-amor logo se pensa numa concepção exclusivista. Olhe no espelho e diga: eu te perdoo. Eu vou tentar fazer tudo por você, para que você se sinta melhor. Vou cuidar melhor de você. Vou tentar te preencher com bons sentimentos para que tenhamos força para a luta. Eu vou lutar para encher minha mente com bons pensamentos. Eu vou lutar mais ainda para afastar os meus pensamentos assim que eles baterem à porta. Não espere o milagre das transformações imediatas, porque elas não existem. Persista! Eu e você não podemos mudar o passado. Podemos agora mesmo mudar nosso padrão vibratório, mudar nossos pensamentos, cuidar mais de nós mesmos e nos enchermos de fé e força para continuarmos nossa luta. Tudo passa e tudo se renova pela força das leis naturais de Deus. Enquanto isto meus amigos e amigas, vamos mantendo a serenidade, a aceitação sim, mas principalmente o discernimento. Porque dentro de nós há uma consciência divina que nos faz lembrar que escolhas corretas ou escolhas equivocadas podem transmutar ou aumentar nosso sofrimento e o sofrimento daqueles que nos rodeiam. E para nós, neste momento, a melhor terapia é a coragem, o equilíbrio e a esperança. Muito amor à todos. Em breve voltarei com escritos assim. As coisas precisam mudar. As pessoas. E eu também. Lido com dor e sofrimento há 35 anos. Já vi a morte muitas vezes de perto. Já sofri e sofro também. E vejo, na torrente de criaturas que passam na minha frente, a carência de uma palavra, um abraço, um toque, um sorriso. Estão todos tão solitários e sofridos... Já passou tempo demais! Quem acende uma vela é o primeiro a se iluminar. Paz e luz a todos Dra Geórgia Fonseca

Destaques
Destaque
bottom of page