top of page

Meu Blog 

Dentes de leite merecem todo cuidado!


Os dentes de leite são 20 ao todo. Primeiramente os dentes anteriores começam a nascer dos 6 aos 12 meses e entre os 18 aos 36 meses nascem os posteriores e os caninos. São dentes importantes porque permitem a estética, a correta mastigação, deglutição e ajudam na fala também. Além disso, funcionam como guia para a erupção dos permanentes, mantendo a posição e o espaço adequado e a perda prematura pode ocasionar sérios problemas ortodônticos.

São dentes que possuem a mesma estrutura dos dentes permanentes, ou seja, possuem esmalte, dentina, raiz e canal. Como na troca pelos permanentes há a reabsorção da raiz, muitos pais acham o dente não dói e conseqüentemente não há necessidade de tratamento.

É justamente o oposto, os dentes de leite são suscetíveis a cárie, essa sendo profunda, ocasiona dor e pode ser até necessário o tratamento de canal, para assim preservar o dente e suas funções.

Um problema muito comum é a cárie de mamadeira. Ela ocorre quando há um excesso de açúcar na alimentação ou mesmo quando a criança dorme logo após mamar, sem fazer a higiene bucal.

Para prevenir a criança nunca deve dormir sem fazer a higiene oral. É difícil, mas necessário, já que durante o sono o fluxo salivar diminui e conseqüentemente aumenta o risco do desenvolvimento da cárie.

As crianças também precisam de flúor para um desenvolvimento dental saudável e muitas cidades já adicionam flúor na água

Se a criança necessitar de uma complementação, o pediatra ou o dentista podem orientar a melhor forma de introduzi-lo.

Apesar das crianças especiais, e nossas crianças com autismo, apresentarem incidência de cáries semelhante ao que ocorre na população pediátrica em geral, devemos lembrar que em algumas situações elas ficam mais suscetíveis:

.Algumas crianças recebem alimentos doces como recompensa comportamentais.

.As medidas higiene oral são extremamente difíceis para muitas crianças / pais

.O atendimento para crianças especiais ainda é de difícil acesso para muitas crianças em nosso país.

.Muitos pacientes têm preferências alimentares muito restritas(exclusivamente puré alimentos, não há frutas / verduras, etc)

Nossa atenção como profissionais de saúde, nessa população pediátrica, deve ser cuidadosa. Algumas medidas são recomendadas:

.Desencorajar o consumo de alimentos e bebidas cariogênicas.

.Prescrever medicamentos sem açúcar, se disponível.

.Recomendar medidas preventivas e aconselhar escovação dos dentes regularmente.

.A sensibilidade sensorial dos pequenos é exacerbada e devemos ter persistência e calma para que possamos implementar o hábito da escovação.

.Instruir os cuidadores no protocolo apropriado após trauma dental (localizar / preservar dente faltante e colocá-lo em leite frio; procurar assistência médica imediata).

.Questões de segurança e revisão adequadas para a idade da criança, tais como protetores de boca para evitar trauma oral-facial.

.Recomendar a lavagem com água completamente depois de tomar cada dose de açúcar contendo medicamentos e sugeriringestão de água frequente para as crianças que tomam medicamentos de maneira regular.

.Discutir hábitos que podem prejudicar os dentes da criança, tais como apoiar mamadeiras, colocar a criança na cama sozinha com mamadeiras, assoprar alimentos quentes, permitir que a criança mastigue brinquedos ou outros materiais.

Destaques
Destaque
bottom of page